AgronegóciosEducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVagas de EmpregoVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
VIOLÊNCIA SEXUAL

Adolescente de 15 anos é estuprado em Guarapuava

Suspeito de praticar a violência foi preso pela polícia. Vítima apresentava hematomas no pescoço

domingo, 16 de fevereiro de 2020 - 09:54:00

Uma oferta de trabalho terminou com um adolescente estuprado em Guarapuava entre a noite desse sábado (15 de fevereiro) e este domingo (16). Uma ligação na central 190 de um senhor informou que seu filho de 15 anos saiu de casa em data anterior com um homem que havia lhe oferecido trabalho como ajudante de pedreiro, e que retornou pela manhã com hematomas no pescoço e dizendo ter sido estuprado pelo homem que o levou.

Ao mesmo tempo em que atendia a ocorrência do adolescente, uma equipe da Rádio Patrulha, deslocou até a Rua Carajás, Vila Carli, para averiguar outra denúncia de tentativa de estupro e no local em contato com vítima, ela relatou que por volta das 06h40 o seu marido estava saindo para trabalhar, quando foi abordado em frente ao portão da residência por um rapaz, que solicitou um copo de água, como estava saindo para ir ao trabalho pediu para que a esposa que o servisse, saindo em seguida. Quando a mulher entregou o copo de água ao rapaz, percebeu que havia mais um homem em frente à residência, embarcado em um veículo Peugeot/106 de cor prata, e que este dizia ao mais jovem “diga a ela que somos estupradores e que viemos estupra-la’’ sendo a frase reproduzida pelo rapaz, a vítima começou a chorar e voltou para dentro de casa, ligou para o marido, e ao perceber o fato o homem arrancou com o carro deixando para trás o mais novo. O qual não conseguiu entrar na residência devido ao cachorro que estava no pátio da residência. Ao receber a ligação, o marido da vítima retornou rapidamente e encontrou o jovem em via pública, tentou conte-lo, mas não conseguiu, ele fugiu a pé por uma região de vegetação fechada. Enquanto a equipe ouvia o relato da vítima, o homem com o veículo Peugeot prata tentou retornar à residência, mas ao avistar a equipe policial acabou fugindo, a equipe tentou realizar a abordagem, mas o veículo foi perdido próximo à Avenida Pedro Carli.

A equipe policialentão, acreditou haver conexão entre o fato ocorrido na Vila Carli, e juntamente com as vítimas foi deslocado até o endereço do pai do rapaz. O adolescente foi reconhecido pela mulher e seu marido como o jovem que havia pedido o copo de água. Questionado sobre os fatos, o adolescente relatou que na data anterior conheceu o homem de 30 anos de idade, que este lhe ofereceu trabalho como ajudante de pedreiro, mas teria que ser de madrugada para não atrapalhar as atividades do local. Que por volta das 03h da manhã, se encontraram em um bar no bairro Industrial, o homem convidou o adolescente para beberem juntos e que depois iriam para a obra, ficaram cerca de uma hora e meia bebendo e depois embarcaram no veículo, que o homem o levou para uma estrada escura, parou o veículo e o forçou a ter relação sexual com ele, que  tentou fugir mais foi agredido e que após ter sido violentado, foi levado até a Vila Carli, onde o homem disse que iriam para a casa de sua mãe, que ao passar pela rua Carajás, o adolescente pediu para que o homem parasse o carro pois precisava urinar, neste momento viu o marido da solicitante, saindo para trabalhar, então tentou pedir ajuda. Ouvido o relato do adolescente, a equipe então iniciou as buscas para localizar o autor.

Segundo a polícia as equipes deslocaram até a sua residência e conversado com a esposa do suspeito, ela relatou que seu marido saiu de casa em data anterior e que pela manhã chegou em casa deixou o carro e saiu correndo dizendo que iria na casa do adolescente.

A equipe policial fez o possível trajeto entre a casa do autor e do adolescente, conseguindo localizar o autor. Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado a 14 SDP. Foram conduzidos também as vítimas e o adolescente acompanhado de seu pai. Após os procedimentos na 14ª SDP, o adolescente foi encaminhado ao hospital São Vicente de Paulo para exame, o mesmo apresentava hematomas no pescoço. O veículo Peugeot 106, utilizado pelo autor, foi recolhido administrativamente.

COMENTÁRIOS