AgronegóciosEditais - Eleições 2020EducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVagas de EmpregoVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
PREVENÇÃO

Após incêndio causado por carregador de celular, Bombeiros de Guarapuava orientam sobre uso de dispositivo

Alguns cuidados simples podem prevenir acidentes como o causado nessa terça (02).Confira as orientações

quarta-feira, 3 de março de 2021 - 15:00:00

Situações corriqueiras como utilizar o celular conectado ao carregador ou retirar o aparelho e esquecer o carregador na tomada vem causando acidentes graves. Um exemple disso, foi a ocorrência atendida pelo Corpo de Bombeiros de Guarapuava, nessa terça feira (02 de março), a um um princípio de incêndio em uma residência localizada na rua Frei Caneca, no bairro Santana.

Segundo os Bombeiros ,a provável causa o superaquecimento de um celular deixado ligado na tomada. Ainda segundo os Bombeiros, houve a destruição da cama, colchão, forro do telhado e outros pertences que estavam no quarto. (LEIA MAIS SOBRE O CASO AQUI)

Apesar do susto ninguém ficou ferido e os bombeiros conseguiram controlar as chamas.

Confira as orientações do Corpo de Bombeiros para que seja evitado esse tipo de acidente são:

- Use sempre baterias e carregadores originais do fabricante do celular;

- Revise a cada cinco anos a instalação elétrica da sua casa ou escritório;

- Evite deixar o celular carregando dentro de gavetas e caixas, ou em cima de objetos inflamáveis;

- Evite deixar carregador de celular conectado na tomada sem o aparelho;

- Não toque no celular carregando com as mãos molhadas;

- Na hora de plugar o carregador na tomada, não toque nas partes metálica;

- Evite atender ou fazer ligações enquanto carrega o celular;

- Não use benjamins, extensões, adaptadores de tomada ao carregar o celular;

- Não carregue o celular em ambientes com vapores ou risco de molhar (banheiro);

- Não puxe o carregador pelo cabo para tirá-lo da tomada;

- Nunca deixe objetos carregando na tomada sem supervisão;

Em caso de emergência ligue 193.

(Foto:Divulgação/Bombeiros)

COMENTÁRIOS