AgronegóciosEducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVagas de EmpregoVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
POLÊMICA

Bolsonaro culpa imprensa por pânico e pede final do isolamento para pessoas com menos de 60 anos

quarta-feira, 25 de março de 2020 - 07:53:00

Em pronunciamento em rede nacional na noite dessa terça (24 de março), o presidente da República, Jair Bolsonaro, culpou a imprensa brasileira por ter criado pânico na população com as notícias veiculadas sobre o coronavírus, além de pedir aos governos estaduais e prefeituras que cessem o isolamento para pessoas com menos de 60 anos.

“Nossa vida tem que continuar, os empregos devem ser mantidos, assim como os sustentos das famílias. Algumas autoridades devem abandonar o terreno de terra arrasada”, apontou Bolsonaro no discurso.

O apontamento do presidente vai contra as recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde) e também vai em direção oposta às medidas tomadas em diversos países que sofreram com a pandemia, como a China, a Coreia do Sul, as nações europeias e os Estados Unidos.

O presidente também negou em mais uma oportunidade que tenha sido infectado com o coronavírus e afirmou que se tivesse sido contaminado não sofreria com problemas por ter “histórico de atleta” e que a doença seria apenas uma “gripezinha”.

CITAÇÕES À REDE GLOBO

Dentro de seu discurso, Bolsonaro também “alfinetou” em algumas oportunidades a Rede Globo de Televisão. Primeiro citou o pronunciamento do âncora do Jornal Nacional, Willian Bonner, no qual o apresentador pediu calma e tranquilidade ao público brasileiro na edição de segunda (23).

“Grandes partes dos meios de comunicação espalharam o pavor, como por exemplo a divulgação dos casos de mortes na Itália, que tem uma população e um clima muito diferentes do nosso. Contudo, percebe-se que parte da imprensa mudou seu editorial, pedindo calma. Por isso, parabéns, imprensa brasileira”, disparou Bolsonaro.

Além disso, Bolsonaro tornou a utilizar fala do comentarista da Rede Globo e médico Drauzio Varela para justificar a necessidade de encerrar os isolamentos para pessoas abaixo dos 60 anos. Varela se posicionou na última semana afirmando que o vídeo no qual faz essas recomendações foi divulgado em janeiro, quando as orientações da OMS para o Brasil seguiam esse tipo de cuidados.

COMENTÁRIOS