AgronegóciosEducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVagas de EmpregoVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
PREPARATIVOS

CBF e clubes projetam início de Brasileiro para 8 e 9 de agosto e jogos até fevereiro

Em reunião da Comissão Nacional de Clubes, dirigentes discutem liberações de estádios e possíveis transferências de partidas para cidades sem restrições de jogos

sexta-feira, 26 de junho de 2020 - 10:22:00

A direção da CBF e os dirigentes de clubes das séries A e B projetaram, em reunião nessa quinta feira (25 de junho), o início do Campeonato Brasileiro para o fim de semana de 8 e 9 de agosto. Com 38 rodadas mantidas, a edição do Brasileiro 2020 só vai terminar em fevereiro.

A informação da data estipulada para o início da competição foi publicada primeiramente pelo portal "Uol". Os clubes decidiram ainda que a Copa do Brasil também retorna a partir do fim da segunda semana de agosto.

Às 20h53, a CBF soltou a seguinte nota:

"O campeonato Brasileiro da Série A poderá retornar no dia 9 de agosto, domingo. A Série B tem data prevista de recomeço para 8 de agosto.

A decisão foi tomada na noite desta quinta-feira, em reunião convocada pela CBF junto com a Comissão Nacional de Clubes (CNC) com a participação dos 40 clubes disputantes duas séries.

As datas básicas e o cronograma de retorno foram propostos pelo presidente da CBF, Rogério Caboclo, e apoiadas pelos clubes.

O retorno do futebol depende da autorização das autoridades de saúde. Mas, dezenove dos vinte clubes da Série A se dispuseram a jogar fora das suas cidades, em última instância, caso até lá seus municípios não estejam liberados pelas autoridades de saúde a realizar jogos. Foi um sinal de apoio à realização da competição pela CBF."

A CBF vai marcar as 38 rodadas do Brasileiro e também as partidas da Copa do Brasil - serão dois jogos por semana, exceção ao espaço das datas Fifas, previstas para voltarem em setembro.

Os clubes deliberaram ainda sobre o mando de campo. Como nem todos clubes podem conseguir autorização de prefeitura para liberar partidas, foi discutida a transferência de jogos para outras cidades, que tenham liberação de realizarem eventos esportivos. Os jogos estão previstos sem público. Neste item, apenas o Athletico-PR votou contra. O clube paranaense está momentaneamente proibido de treinar na capital do estado.

COMENTÁRIOS