AgronegóciosEditais - Eleições 2020EducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVagas de EmpregoVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
FUTEBOL

Fifa estabelece condições para liberação de atletas para Eliminatórias

Entidade levou conta aumento de casos de covid-19 na América do Sul

sexta-feira, 2 de outubro de 2020 - 10:51:00

A Fifa definiu as condições para a liberação de jogadores para a disputa das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do Catar 2022, que estão marcadas para começar na semana que vem em meio a preocupações por conta do aumento nas taxas de infecção pelo novo coronavírus (covid-19), dificuldades de deslocamento e regras de quarentena. 

A Confederação Sul-americana de Futebol (Conmebol) anunciou no mês passado que a competição começaria em outubro e que já tinha a aprovação da Fifa. 

Muitos dos principais jogadores de grandes clubes europeus estão envolvidos nos jogos, incluindo Lionel Messi do Barcelona, e Neymar, do Paris St. Germain, que foram convocados por Argentina e Brasil, respectivamente.

A Fifa disse na quinta feira (01º de outubro) que as regras normais de liberação dos jogadores seriam aplicadas, mas com exceções.

A entidade que comanda o futebol mundial disse que os jogadores precisam estar isentos de restrições de viagem ou quarentena, tanto nos países onde irão disputar jogos, quanto nos países onde seus clubes estão sediados. 

Se houver um período de quarentena de cinco dias ou mais na chegada de qualquer um dos países, então os clubes não serão obrigados a liberá-los.

"A Fifa em conjunto com as confederações e associações membros irá continuar monitorando a situação em relação a políticas de viagem e quarentena das autoridades relevantes em relação às próximas partidas internacionais", afirmou a entidade.


(Foto: Lucas Figueiredo/CBF/Direitos Reservados)
 

COMENTÁRIOS