AgronegóciosEditais - Eleições 2020EducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVagas de EmpregoVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
MAIS SEGURANÇA

PRF flagra irregularidades em caminhões durante Operação Serra Segura na BR 277 em Guarapuava

Segundo a polícia, o que chamou a atenção nessa edição foi o alto percentual de veículos com algum tipo de problema, chegando a 66,6%

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020 - 08:57:00

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou a 24ª edição da Operação Serra Segura na região dos Campos Gerais, no Posto PRF Guará, na BR 277, em Guarapuava, nessa quarta feira (12 de fevereiro). Durante a operação foram flagrados diversos caminhões com irregularidades.
 
De acordo com a polícia, essa operação é parte importante da estratégia da PRF para redução do número de acidentes envolvendo veículos de carga. A operação, que tem como objetivo conscientizar os motoristas e proprietários sobre a importância da manutenção dos veículos a fim de evitar que defeitos mecânicos possam ser a causa de acidentes, contou com a participação de PRFs da delegacia de Ponta Grossa, num total de oito policiais.

Após abordado o veículo, os policiais fazem a fiscalização do veículo, motorista, notas fiscais e carga, enquanto equipes de mecânicos da concessionária fazem uma inspeção em alguns itens de segurança como sistemas de freios, iluminação, sinalização, suspensão e direção, que, em caso de falhas podem causar acidentes graves. Enquanto isso, os motoristas e passageiros são convidados a assistir palestra sobre segurança no trânsito.

Segundo a polícia, o que chamou a atenção nessa edição foi o alto percentual de veículos com algum tipo de problema, chegando a 66,6%. Nesta edição, 70 veículos e 73 pessoas foram fiscalizados, além de 66 testes de bafômetro. Os principais problemas encontrados foram: pneus (29,1%); freios (27,8%); e tacógrafo (16,6%). 28 veículos tiveram o CRLV recolhidos para regularização dos problemas encontrados e 4 veículos ficaram retidos por comprometer a segurança, por problemas de documentação e por excesso de peso. 73 pessoas foram atingidas pela campanha educativa.

(Foto: PRF)

COMENTÁRIOS