AgronegóciosEducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVagas de EmpregoVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
DESTINO CORRETO

Semag orienta população sobre destinação correta dos resíduos domésticos

A cidade também conta com a coleta convencional e coleta seletiva, conforme cronograma disponível no site do Município

quinta-feira, 9 de julho de 2020 - 10:37:00

Nas ruas da cidade, os protagonistas na preservação do meio ambiente são os guarapuavanos. São as práticas cotidianas com consciência ambiental que irão assegurar a qualidade de vida da população. Por isso, a Semag (Secretaria do Meio Ambiente) está reforçando as medidas orientativas sobre o descarte correto dos resíduos sólidos feitos diariamente nas mais de mil lixeiras espalhadas pelas praças, parques e locais com alto fluxo de pessoas na cidade, que são destinadas ao descarte de materiais como guardanapos, latinhas e propagandas.

“Ainda temos casos de descarte incorreto de sacolas de lixos doméstico nestas lixeiras. Principalmente na região central, onde estão colocando sacos de resíduos sólidos dentro das lixeiras públicas, o que dificulta a coleta do lixo pela equipe de limpeza. Para isso, disponibilizamos diversos contêineres no centro, como também a coleta dos caminhões de lixo, para proporcionar à população um descarte correto que preserve Guarapuava limpa”, explicou a diretora do Departamento de Educação Ambiental da Prefeitura, Maristela Ferreira.

No município, o descarte em contêineres e nos soterrados deve ser para o lixo não reciclável, gerado nas casas e comércios. Já nas lixeiras menores, podem ser depositados resíduos como guardanapos, latinhas ou papéis de propagandas gerados pelas pessoas que caminham pela rua. Para o responsável pelo setor de varrição da cidade, Valtemiro Nunes Ramos, a consciência coletiva sobre separar o lixo colabora diretamente com a equipe e com a natureza. “Todos os dias encontramos sacolas de resíduos domésticos dentro das lixeiras, até lixo de banheiro. Não temos como deixá-las ali devido ao mau cheiro. A população pode ajudar separando os reciclados e orgânicos, evitando colocar perfurantes, cortantes e animais mortos misturados com o lixo”, solicitou.

Vale lembrar que a cidade também conta com a coleta convencional e coleta seletiva, conforme cronograma disponível no site do Município. “Todos têm o direito de desfrutar de um espaço limpo. Não é apenas para as futuras gerações, temos que pensar no dia a dia e cuidar, provocar uma mudança de atitude em todos”, finalizou a diretora.

COMENTÁRIOS