AgronegóciosEditais - Eleições 2020EducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVagas de EmpregoVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
MAIS GANHO

Soja GMO Free resulta em cerca de US$ 1 milhão em bônus para cooperados da Agrária

O cultivo de soja convencional passou a ser estudado pela Cooperativa em 2013

quinta-feira, 17 de setembro de 2020 - 13:32:00

No início de setembro a Agrária distribuiu entre parte de seus cooperados cerca de US$ 1 milhão em bonificações. O valor é referente à comercialização da Soja GMO Free produzida na safra 19/20.

O cultivo de soja convencional passou a ser estudado pela Cooperativa em 2013, como uma alternativa para o aumento da rentabilidade do cooperado. Isso porque os grãos e cereais GMO Free, livres de transgenia, possuem boa aceitação, especialmente no mercado alimentício.

Uma parceria exclusiva com a obtentora de genética GMD permitiu que a partir de 2016 o projeto da Agrária saísse do papel para o campo. “Fizemos um esforço grande para garantir ao nosso cooperado com exclusividade uma variedade convencional que produzisse tanto quanto o material transgênico”, declara James Dandolini, Coordenador Comercial de Sementes e Cereais.

Em maio de 2019, a Cooperativa apresentou aos cooperados a política de bonificações para safra verão 19/20. A norma estabeleceu um repasse de 75% dos ganhos com a comercialização da Soja GMO Free aos produtores.

Incentivados por essa medida, na última safra os cooperados entregaram à Agrária 31 mil toneladas de Soja convencional. Essa quantidade, somada ao que foi colhido por agricultores inseridos no programa de fomento da Cooperativa, foi comercializada nos mercados interno e externo. “Obtivemos um resultado além das expectativas, o que nos proporcionará repassar aos cooperados aproximadamente R$ 10,00 por saca entregue, além do valor que já havia sido definido na política de bonificação”, explica Dandolini.

Para a safra 20/21 os cooperados interessados no cultivo da Soja GMO Free já efetuaram suas reservas. Aqueles que pretendem aderir ao programa para a safra 21/22 podem buscar mais informações junto ao setor de Atendimento ao Cooperado. 

COMENTÁRIOS