AgronegóciosEducaçãoEsporte e LazerGeralObituárioPolíticaRegiãoSaúdeSegurançaVagas de EmpregoVariedades
ColunistasVídeosÚltimasGaleria de Fotos
EXEMPLO

Universidades se unem para pesquisa de campo sobre população idosa no Paraná

Reunião entre as universidades federais e estaduais do Paraná e representantes dos governos Estadual e Federal foi articulada pela deputada federal Leandre Dal Ponte

quinta-feira, 22 de agosto de 2019 - 07:46:00

Terça feira (20 de agosto), na Superintendência geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SETI) do Paraná, aconteceu uma reunião para elaboração de um termo de cooperação entre as universidades para realizar uma pesquisa de campo sobre a população idosa no Paraná. A pesquisa fará parte do programa Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa, do Ministério da Cidadania.

Participaram da reunião a deputada federal Leandre Dal Ponte (PV-PR), o diretor de Atenção ao Idoso da Secretaria Nacional de Promoção do Desenvolvimento Humano do Ministério da Cidadania, Leonardo Milhomem, o superintende da SETI, Aldo Nelson Bona, a vice-reitora da UTFPR, Vanessa Ishikawa, o chefe do Departamento da pessoa Idosa da Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho (SEJUF- PR), Fernando Castelano Junior, a representante da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS), Karla Lisboa, e a professora doutora da UTFPR, Maria de Lourdes Menon, responsável pelo desenvolvimento da metodologia da pesquisa.

Durante a reunião, foi acordado que será constituído um grupo de trabalho para a implementação da programa Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa no Estado do Paraná, com a presença da SETI, UTFPR, SEJUF, Ministério da Cidadania e o mandato da deputada federal Leandre.

"A deputada Leandre desenvolve um importante trabalho relacionado à saúde e a qualidade de vida da pessoa idosa. As sete universidades estaduais podem contribuir para as ações que serão desenvolvidas por meio de atividades de extensão, ensino e pesquisa. Temos certeza que essa parceria será benéfica para diferentes setores da sociedade", afirmou o superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Aldo Nelson Bona.

Leandre citou o exemplo do município de Pato Branco, o primeiro do Paraná a receber o certificado de Cidade Amiga do Idoso, pela Organização Mundial da Saúde. No Brasil, apenas dois outros municípios possuem a certificação. "Em Pato Branco, o diferencial no modelo de gestão é a participação da sociedade civil organizada, através dos clubes de Rotary, com presença da Administração Municipal, Conselho Municipal do Idoso e universidades", destacou a congressista paranaense.

Reunião no Sudoeste

A reunião em Curitiba aconteceu um dia após um encontro, na região Sudoeste do Paraná, onde 18 municípios aderiram ao processo de certificação do programa. A adesão foi oficializada na segunda-feira (19), na Amsop (Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná), durante seminário que reuniu representantes dos municípios para palestras de capacitação sobre o programa.

O que é o EBAPI

Iniciado em abril deste ano, o programa Estratégia Brasil Amigo é desenvolvida pelo Ministério da Cidadania em parceria com os ministérios da Saúde e dos Direitos Humanos, além do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e da Organização Mundial da Saúde (OMS). O objetivo é proporcionar qualidade de vida às pessoas com mais de 60 anos, promovendo um caminho para o envelhecimento ativo, saudável, cidadão e sustentável.

COMENTÁRIOS