O que esperar do mercado da moda no pós pandemia?

* Por Expressiva Modas

10/11/2021 13H30

O mercado da moda sempre foi atravessado pelos acontecimentos globais, e isso é fácil de perceber se analisarmos, mesmo que superficialmente, a história. A pandemia ainda não acabou, mas uma coisa que já é perceptível é a preocupação das grandes grifes com a conscientização ambiental e outras questões sociais.

Para termos uma perspectiva do futuro, é preciso olharmos para o passado para entendermos certos movimentos. Antes da Segunda Guerra Mundial, por exemplo, as calças - que hoje em dia são tão comuns - não faziam parte do vestuário feminino. Com os maridos nos campos de batalha, as mulheres tiveram que sair e trabalhar nas fábricas para garantir o sustento do lar. Nesse cenário, saias e vestidos não eram as vestimentas mais adequadas e funcionais, por serem pesados e apertados.

Mulheres trabalhando durante a guerra.

Reprodução: programmoda.blog

Por anos calças chegaram a ser proibidas nos armários femininos. Para se ter ideia, na França, até 2013, havia uma lei que restringia o uso da peça. Após a guerra, foi a vez do protagonismo do “New Look Dior”, com a volta da cintura marcada, afinada por espartilhos e cintas.

Além da cintura marcada, as saias do New Look eram volumosas e rodadas, com comprimento sempre 40 cm acima do chão.

Reprodução: fashionbubbles.com

Dior queria recuperar a “feminilidade” perdida durante a guerra, e apesar do novo estilo ter sido forte referência na moda da década de 1950, para a grande massa feminina, sua moda não era prática. As roupas eram apertadas, pois tinham corsets, anáguas e cintas cheias de barbatanas. Sobre os quadris, tules, crinolinas e estofamentos ajudavam a desenhar a silhueta curvilínea. Para muitos o “New Look” soou como uma tentativa de coibir a liberdade feminina conquistada durante a guerra. Para os governos o modelo também não foi tão aceito, pois para uma época de recessão e racionamento pós guerra, era considerado desperdício o gasto de tecido empregado nas confecções.

A moda tem a capacidade de situar uma época, já abordamos esse assunto no texto “A influência da moda no cinema”, para ler clique aqui - por conta dos padrões que são determinados por questões socioeconômicas-culturais. Com a pandemia do coronavírus essa máxima não foi diferente. Com a Covid-19 os consumidores adquiriram novos comportamentos, o que respalda diretamente na atitude das marcas e dos designers.

Mas além disso, a pandemia também não tem sido a única responsável por alterar certos padrões na indústria da moda. Nos últimos anos, desastres ambientais têm marcado a vida das pessoas. Isso acontece por conta das alterações climáticas, fruto das agressões ao meio ambiente, e são por esses motivos que ao lançar roupas estilistas vem transmitindo a ideia de conscientização, com peças que evidenciam o cuidado com o ecossistema.

O consumidor pós pandemia está engajado a debater. Mais antenado e crítico com as marcas que se relaciona, cobra posicionamentos e atitudes a temas globais e se afasta de empresas que não compactuam com seus valores.

Por outro lado, se no debate esses consumidores estão cada vez mais unidos, no estilo o que se percebe é que as pessoas estão cada vez mais valorizando a sua própria individualidade e se afastando do padrão imposto.

Na verdade, a pandemia não criou novos hábitos de consumo ou formas de representação, ela só acelerou um processo que já vinha aparecendo antes mesmo do mundo virar de ponta cabeça. Os questionamentos socioambientais e essa busca pela singularidade já eram movimentos que vinham ganhando cada vez mais espaço na mídia e no consciente coletivo, mas a a partir da pandemia se mostraram ainda mais relevantes

Para ler mais sobre o assunto:

A MODA ANTES E DEPOIS DA PANDEMIA. Disponível em <https://programmoda.blog/2020/04/22/a-moda-antes-e-depois-da-pandemia/>. Acesso em 8 novembro 2021.

Moda pós-pandemia: O perfil do novo consumidor. Disponível em <https://www.cataguases.com.br/moda-pos-pandemia-o-perfil-do-novo-consumidor/>. Acesso em 8 novembro 2021.

Mulheres e calças: uma história não tão simples e um pouco mal contada. Disponível em <https://www.hypeness.com.br/2021/04/mulheres-e-calcas-uma-historia-nao-tao-simples-e-um-pouco-mal-contada/:>. Acesso em 8 novembro 2021.

O QUE A MODA PÓS-PANDEMIA NOS RESERVA?. Disponível em <https://siterg.uol.com.br/moda/2021/01/21/o-que-a-moda-pos-pandemia-nos-reserva/>. Acesso em 8 novembro 2021.

O que é o New Look? História, característica e imagens originais da década. Disponível em <https://www.fashionbubbles.com/historia-da-moda/o-que-e-new-look-caracteristicas-historia/>. Acesso em 8 novembro 2021.

1947: O New Look Dior. Disponível em <http://modahistorica.blogspot.com/2013/05/1947-o-new-look-dior.html>. Acesso em 8 novembro 2021.

Expressiva

Há mais de 30 anos atuamos em Guarapuava e há 3 em Curitiba, oferecendo aos nossos clientes a possibilidade deles expressarem quem eles realmente são com as peças de roupas, calçados e acessórios das marcas que são as maiores referencias de moda no B

Deixe seu comentário:

Veja Mais