Precisamos olhar para o NOVO!

* Por Emanuele Marcondes

15/09/2021 17H43

Desde que tenho atuado como professora, me pego pensando no seguinte " por que não me ensinaram assim?" ou " por que aprendi do jeito mais difícil?". Essas reflexões sempre passam pela minha cabeça, e a resposta que eu também penso: porque não existia o que eu conheço agora. Recentemente estava pensando sobre as novas metodologias, de um lado temos professores que são resistentes à estes novos métodos, uma vez que o mesmo tem dado certo, do outro lado, professores empolgados em utilizar destes novos recursos para facilitar a vida dos alunos. O fato é que temos dificuldades de enfrentar o novo, isso porquê o novo precisará de conhecimento, vivência, de dedicação, temos medo do novo porque a insegurança que nos traz é tão grande perto da zona de conforto de continuar fazendo da mesma maneira.

Mas, quando nos referimos à educação, temos que abrir os olhos para o novo. Tudo bem, talvez na tua época era tudo diferente, e deu certo. Eu mesma, fui alfabetizada no famoso método "beabá", deu certo? Deu. Aprendi a ler e escrever? Sim, e hoje como professora, além de valorizar este método, me abro para novas possibilidades, e é o que precisamos fazer para alcançar melhor nossos alunos. Eu aprendi, com 7 anos estava lendo e escrevendo, mas poderia ter sido antes, poderia ter sido mais rápido, ou não, porque talvez eram as únicas opções. Mas estou falando de 20 anos atrás, hoje temos vários métodos que facilitam o processo de aprendizagem, independente da etapa, e nós, enquanto responsáveis por educação de crianças, temos o dever de estarmos atentos para que essas crianças tenham acesso ao um ensino de qualidade.

Hoje existem várias maneiras de fazer a mesma coisa, várias possibilidades de aprender um conteúdo, e pais, sejam esse apoio em casa, na internet tem muita coisa pra ajudar, e às vezes você pode ajudar seu filho de uma maneira que nem imagina.

Novos método existem, porquê foram estudados, analisados, praticados. Novos métodos existem por perceberem a importância dos mesmos, e a relevância no processo de ensino.

O convite de hoje é, sejamos menos resistentes e mais confiantes. Teremos muita coisa nova pela frente, e olharmos para o novo com olhar de quem tem esperança, é aceitar as coisas boas que estão por vir, talvez a oportunidade que não tivemos, esteja agora nas mãos de quem, com mais acesso, consiga construir o tão sonhado futuro melhor para a sociedade.

O futuro está nas mãos das crianças, e elas estão nas nossas mãos. Sejamos sábios.

Emanuele Marcondes

Me chamo Emanuele Marcondes e tenho 26 anos, sou apaixonada pela vida e pela oportunidade de sermos alguém melhor. Sempre fui uma grande leitora, gostava de ler revistas, livros e etc. O amor pela leitura me tornou uma pessoa sensível com as palavra

Deixe seu comentário:

Veja Mais